Não é o amor que é ciumento. Olhe, observe, repare novamente. Quando sente ciúmes, não é o amor que o faz sentir ciumento; o amor nunca conheceu nada acerca do ciúme. É o ego que se sente magoado, é o ego que se sente competitivo, numa luta constante. É o ego que é ambicioso e deseja ser maior que os outros, que deseja ser alguém em especial. É o ego que começa por se sentir ciumento, possessivo – porque o ego só pode existir com posses.

Follow by Email

Featured Post

RELACIONAMENTOS & AMOR

SEJA AMOR! POR FAVOR O meu maior desejo hoje é que as pessoas aprendam a amar de verdade, pois não há felicidade maior do que estar em ...

Popular Post

(C) Copyright 2018, All rights resrved Just1Bag - Fer Freyttas - Voando para o Bem. Template by colorlib